Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Governo e Prefeituras fazem aliança pela competitividade

Escrito por COMUNICAÇÃO - Sônia Ferreira Braga de Araújo | Publicado: Quinta, 16 Março 2017 12:13
Marco Monteiro - Assessoria do Governador
imagem sem descrição.

O governador Marconi Perillo formalizou, na manhã desta quinta-feira (16/03), uma aliança pela competitividade  com 18 prefeitos goianos, que integram o G-24 (grupo formado pelos 24 principais municípios do Estado, responsáveis por 66% da população goiana). O acordo faz parte das metas de esforços do programa Goiás Mais Competitivo e Inovador (GMCI) para alinhar a governança estratégica entre o Estado e os municípios. O objetivo é melhorar os indicadores sociais e econômicos que impactam a competitividade e qualidade de vida das pessoas, com destaque para os setores de educação, saúde, habitação e segurança pública.

O encontro do Governador com os prefeitos aconteceu na sala de reunião do Governador, no 10º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, e contou com as presenças do vice-governador José Eliton, dos secretários de Gestão e Planejamento, Joaquim Mesquita, da Educação, Cultura e Esportes, Raquel Teixeira, da Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), Ricardo Balestreri, do Governo, Tayrone Di Martino, da Fazenda, José Navarrete, de Desenvolvimento Econômico, Luiz Maronezi, da Agência Goiana de Habitação, Luiz Antônio Stival, além de 13 prefeitos, representantes de outros cinco, e de convidados especiais.

O secretário Joaquim Mesquita anunciou que, nos próximos dias, os gestores executivos da Segplan começarão a visitar os prefeitos que integram a Aliança Municipal pela Competitividade para fazerem diagnósticos e traçar os planos, que começarão a ser colocados em prática. A meta é diminuir a incidência de crimes contra a vida; a mortalidade infantil e o déficit habitacional. Ampliar o acesso à atenção básica de qualidade; promover o acesso à educação infantil e elevar a qualidade do aprendizado dos alunos da rede pública.

Com a Aliança, o Estado se propõe a desenvolver um trabalho de capacitação das novas equipes municipais, liberar recursos (financeiros e materiais) para iniciativas vinculadas as prioridades definidas no GMCI, dar apoio técnico e transferência de tecnologia, atuar junto as equipes municipais para a estruturação dos projetos.

O vice-governador José Eliton destacou a importância da Aliança Municipal pela Competitividade. Ele disse que esta medida vai melhorar a qualidade de vida da população goiana e o Estado vai, também, alcançar a política de metas e resultados traçada pelo governador Marconi Perillo.

Elogios

Todos os 13 prefeitos e os cinco representantes de municípios presentes à reunião aplaudiram a iniciativa do Governo de criar a Aliança Municipal pela Competitividade. O prefeito de Trindade, Janio Darrot, disse que sem a contribuição do Estado jamais conseguiria fazer um diagnóstico tão profundo de sua região e apresentar resultados, a curto prazo, de seus projetos.

O prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale, elogiou o Programa Goiás Mais Competitivo e Inovador e a formação da Aliança do Governo com os municípios. “Em época de crise econômico-financeiro é importante este acordo para viabilizar nossos projetos”, disse. O prefeito de Goianésia, Renato de Castro, também destacou o papel do Governador Marconi e afirmou que, de forma não partidária, o Goiás Mais Competitivo e Inovador está beneficiando todos os municípios do Estado.

Também durante o encontro com os prefeitos e secretário, na manhã desta quinta-feira, o presidente da Fundação Abrinq, Carlos Antônio Tilkian, também conclamou os prefeitos goianos a aderiram ao programa Prefeito Amigo da Criança.

Além da equipe governamental, estiveram presentes na reunião os presidentes da Federação Goiana dos Municípios, Haroldo Naves Soares, da Associação Goiana dos Municípios, Paulo Sérgio de Rezende, do e do diretor da consultoria Macroplan, Gustavo Morelli. E ainda os prefeitos de Posse, Jataí,  Novo Gama, Goianésia, Rio Verde, Valparaíso, Luziânia, Itumbiara, Trindade, São Luis de Montes Belos, Senador Canedo, Itaberaí, Mineiros, além dos representantes de Goiânia, Formosa, Águas Lindas, Caldas Novas e Aparecida de Goiânia.

 

 

Comunicação Setorial – Segplan

registrado em:
Fim do conteúdo da página