Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Entidades premiadas pelo Reconhece Goiás investem recursos em melhorias

Publicado: Sexta, 12 Janeiro 2018 15:51
Jorge Rassi
imagem sem descrição.

As entidades do terceiro setor beneficiadas com recursos do Prêmio Reconhece Goiás já estão aplicando o dinheiro recebido do Governo do Estado, no último dia útil de 2017. O prêmio de R$ 20 mil foi concedido a 308 instituições reconhecidas, e aprovadas por uma comissão designada pela Secretaria de Gestão e Planejamento do Estado de Goiás (Segplan), pelos serviços prestados ao cidadão goiano.

O Prêmio Reconhece Goiás integra o Goiás na Frente Terceiro Setor, programas comandados diretamente pelo governador Marconi Perillo e pelo vice-governador José Éliton. O programa resulta numa série de benefícios destinados especificamente às necessidades básicas de pessoas carentes. Esses cidadãos são frequentemente assistidos por entidades do terceiro setor que prestam assistência a idosos, reeducandos, mulheres em situação de violência, crianças, deficientes físicos e pessoas em situação de extrema pobreza.

A Associação Profissionalizante e Educacional Ebenezer (Proteb) promove a inclusão de crianças através da música. A entidade recebe crianças carentes matriculadas no sistema educacional público para aulas de música e canto no contraturno das atividades escolares. Os estudantes integram a orquestra e o coral da entidade e se apresentam em eventos públicos. Segundo o pastor João Antônio Batista, os recursos recebidos serão aplicados na compra de instrumentos e melhorias físicas na sede da entidade, como a construção de uma nova sala de aula para os ensaios do coral e da orquestra.

Grande ajuda

Em Senador Canedo, a sede própria da Associação Pestalozzi, que está em construção, está usando os recursos recebidos para construir o muro que circunda o terreno recebido em doação há sete anos. O muro que existia no local foi destruído por um temporal em 2017. Segundo a presidente da entidade, Salma Bahia, esses recursos são de fundamental importância pois garantirão a continuidade das obras do Instituto. A Pestalozzi de Senador Canedo beneficia indiretamente mais de 600 pessoas e atende diretamente cerca de 160 pessoas (de recém-nascidos a adultos) com deficiência intelectual. A entidade presta serviços de assistência social, educação e atendimento clínico. A entidade conta também com recursos da Fundação Banco do Brasil e doações da comunidade.

Em Goiânia, o circo Lahetô, coordenado pelo artista Maneco Maracá, oferece aulas de oito modalidades de arte circense, percussão e teatro para crianças matriculadas na rede pública de ensino. São 140 alunos de 6 a 17 anos de idade, que tem aulas de segunda a quinta-feira na sede do Lahetô, no Jardim Goiás. Além das aulas, as crianças recebem banho e uma refeição ao final das atividades. Segundo Maracá, os recursos recebidos do Estado, através do Prêmio Reconhece Goiás, serão aplicados na reforma dos vestiários e na compra de novos equipamentos para a cozinha, como geladeira e um micro-ondas. “Há tempo temos o projeto de equipar a cozinha, para garantir melhor estrutura para nosso trabalho. Agora isso está sendo possível graças ao apoio do governo Marconi Perillo”, disse.

O Lahetô foi reconhecido por seis anos com o Prêmio Unicef. No ano passado, recebeu a Comenda Honestino Guimarães e passou no processo seletivo para o Criança Esperança. Além de recursos do Estado e da Prefeitura, o circo financia suas atividades por meio de recursos próprios obtidos com a locação do espaço para eventos e a venda de espetáculos, além de contribuições voluntárias e a promoção de eventos e campanhas.

Demanda

O Estado abriu inscrições no início de novembro para o Prêmio Reconhece Goiás, que foi coordenado pelo Núcleo de Projetos Especiais do Governo, da Segplan, e pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED). Desde então, uma comissão de servidores fez toda a análise dos estatutos, dos documentos, dos planos de trabalho, de projetos e atividades das instituições inscritas. De 779 inscritas, 308 instituições foram reconhecidas e aprovadas por essa comissão e receberão uma quantia de R$ 20 mil. “Governos bons são governos que servem e são governos que cuidam das pessoas como o governo de Marconi Perillo”, disse o secretário de Gestão e Planejamento, Joaquim Mesquita.

Marconi Perillo comemorou a viabilização do Prêmio Reconhece Goiás. “Eles (os projetos) são frutos da sensibilidade do vice-governador José Eliton e de sua equipe de trabalho, que reconheceram a necessidade de valorizar as ações de entidades que trabalham arduamente pelo bem-estar dos cidadãos que mais necessitam”, disse o governador.

Ele lembrou, ainda, que seus governos sempre foram marcados fortemente pela inclusão social, pela distribuição de renda e pela responsabilidade social, promovendo justiça social. Isto é uma gota de água no oceano de boa vontade e amor que o governo de Goiás faz com muita responsabilidade”, salientou Perillo.

Comunicação Setorial

12-01-2018

Fim do conteúdo da página