Estado expande troca de frota própria por uso de táxi com economia de até 50%

Cada vez mais órgãos do Poder Executivo de Goiás estão trocando a frota de veículos próprios pelo táxi como forma de transporte para os servidores durante o trabalho, reduzindo os custos do Estado com locação de frota em até 50% e acabando com privilégios no serviço público. Lançado em maio pelo Estado, via Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), o GoTáxi já está sendo usado também pela Goiás Turismo e Agência Goiana de Habitação (Agehab). Junta Comercial de Goiás (Juceg), Detran e Emater já assinaram contrato, faltando apenas o cadastramento dos servidores. Secretaria de Segurança Pública e Agência Goiana de Regulação (AGR) receberam o termo de liberação e devem concluir o processo nas próximas semanas.

O GoTáxi foi contratado por meio de licitação coordenada pela Segplan. A plataforma, composta por aplicativo para celular, site e central telefônica, permite que servidores solicitem táxis para seus descolamentos diários a trabalho. Dessa forma, os órgãos que aderirem ao sistema poderão diminuir gastos com veículos próprios, tais como locação, combustível e manutenção. Além do aplicativo, a corrida pode ser solicitada também pelo site (www.gotaxi.go.gov.br) e central telefônica (4007-2981). O tempo de espera é de no máximo 15 minutos.

Nos órgãos em que já está em funcionamento, a economia tem sido satisfatória. Na Segplan, que usa o GoTáxi desde maio, o corte nos gastos com transporte foi da ordem de 50%. Na Agehab, que começou a utilizar o sistema no início de agosto, a projeção é de uma redução de 30%. Para todo o Poder Executivo, a estimativa é que a economia chegue a R$ 20 milhões por ano.

Comunicação Setorial - Segplan

Goiânia, 24 de agosto de 2018