Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

BID dará consultoria ao Governo na gestão para a cidadania

Escrito por COMUNICAÇÃO - Sônia Ferreira Braga de Araújo | Publicado: Sexta, 17 Março 2017 12:09

O secretário de Gestão e Planejamento (Segplan), Joaquim Mesquita, terá em mãos, no fim deste mês, o plano de ação para a implantação em Goiás do projeto de melhoria da administração pública para a cidadania, especificamente na emissão da carteira de identidade, realização de matrículas escolares no ensino médio e no serviço de baixa de empresas. O projeto está sendo desenvolvido pelo Governo com a cooperação técnica do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Nos últimos três dias, - o encerramento foi nesta sexta-feira (17/03) os técnicos do BID estiveram em Goiânia realizando reuniões, em parceria com a Segplan, com os gerentes e servidores da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária; da Secretaria da Educação, Esporte e Lazer e da Junta Comercial do Estado de Goiás além de usuários do serviço público.  Eles coletaram informações dos servidores e opiniões dos cidadãos sobre os serviços relativos à emissão da 2ª via da carteira de identidade, a realização de matrículas nas escolas estaduais de ensino médio e também sobre os serviços de distrato, baixa ou encerramento de empresas.

Projeto

Goiás é uma das cinco unidades federativas do Brasil, ao lado da Bahia, Pará, Santa Catarina e Distrito Federal, que receberá do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) apoio técnico para implantar o projeto de melhoria da administração pública para a cidadania. O objetivo principal da cooperação, que já foi firmada, é fortalecer a capacidade institucional do Estado para uma melhor gestão do gasto público com a prestação de serviços a cidadãos e empresas. 

Na primeira etapa da cooperação técnica, será implementado um projeto piloto de simplificação e medição da satisfação e qualidade dos serviços públicos ofertados no Brasil, nos seguintes serviços: emissão da segunda via da cédula de identidade; na realização de matrículas nas escolas estaduais de ensino médio e nos serviços de distrato, baixa ou encerramento de empresas, com uma metodologia desenvolvida na Holanda e já sacramentada em vários países da Europa. 

Na reunião com o BID, que será realizada em Brasília, além do secretário Joaquim Mesquita participarão os representantes dos outros Estados selecionados pelo Banco para a implantação do projeto, nos próximos 36 meses: Pará, Santa Catarina, Bahia e Distrito Federal.

 

 

Comunicação Setorial – Segplan

registrado em:
Fim do conteúdo da página