Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Rebanho bovino goiano atinge recorde histórico

Publicado: Quarta, 11 Outubro 2017 16:29

Com um crescimento que representa três vezes a média nacional, o rebanho bovino goiano atingiu uma marca histórica. As 22,8 milhões de cabeças significam o maior número registrado desde 1974, quando o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) iniciou a Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM). Os dados, compilados pelo Instituto Mauro Borges (IMB), da Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), são de 2016, quando Goiás manteve a terceira colocação no ranking brasileiro de bovinos.

De acordo com a pesquisa, o rebanho bovino goiano cresceu 4,5% no ano passado. A média brasileira foi de 1,4% no mesmo período. Em números absolutos, foram contabilizadas 22.879.411 cabeças, um aumento de 991.691 unidades. Segundo a avaliação do IMB, esse salto ocorreu em um cenário de elevação dos preços dos insumos, tais como milho, sementes forrageiras e suplementação mineral, além da queda na cotação do dólar.

O levantamento aponta os municípios goianos com os maiores crescimentos na quantidade do rebanho. Nova Crixás é o primeiro, com 752.833 cabeças, o que coloca o município em 12º no ranking nacional. Em segundo lugar aparece São Miguel do Araguaia (575.721), seguido de Caiapônia (448.000) e Porangatu (415.700).

Outras atividades da pecuária goiana também tiveram bom desempenho em 2016. É o caso, por exemplo, da produção de galináceos, que teve alta de 7,1%. Consequentemente, a produção de ovos subiu 5,2%. Ainda no ano passado, a produção de mel teve um salto de 34,9%, chegando a 432.722 quilos.

Comunicação Setorial – Segplan

registrado em:
Fim do conteúdo da página